TEMA 11 – O falso e o abolido

BrokenLawComo vimos no tema anterior, existe na Bíblia um único dia de guarda santificado por Deus, o Criador. O sábado foi dado a Adão e Eva antes de haver qualquer povo ou etnia sobre a Terra. O sétimo dia foi guardado pelos patriarcas, pelos profetas, por Jesus, pelos seguidores do Mestre e será guardado por toda a eternidade. (Se você ainda tem dúvida quanto a isso, reveja o Tema 10.) No entanto, é um fato que a maioria dos cristãos considera o domingo como o dia de guarda. Também é fato que a palavra “Domingo” não se encontra na Bíblia. No entanto, há oito referências ao primeiro dia da semana no Novo Testamento. Vamos analisar cada uma delas e depois descobrir quando começou essa tradição de observar o primeiro dia da semana como sagrado, em lugar do sétimo dia.

1. Leia Mateus 28:1; Marcos 16:1, 2; Lucas 24:1; João 20:1; Marcos 16:9; João 20:19; Atos 20:7; 1 Coríntios 16:2. Algum desses textos sugere a mudança do sábado para o domingo ou deixa claro que o domingo seria um dia sagrado? 

Basta ler esses textos para perceber que em nenhum deles há qualquer indicação de ser o domingo um dia diferente dos demais ou santificado. O cardeal Gibbons, arcebispo de Baltimore e primaz da Igreja Católica nos Estados Unidos, disse: “Podereis ler a Bíblia de Gênesis ao Apocalipse, e não encontrareis uma única linha que autorize a santificação do domingo. As Escrituras ordenam a observância religiosa do sábado, dia que nós nunca santificamos” (Faith of Our Fathers, p. 89). 

2. Então quando começou o costume não bíblico de se guardar o domingo em lugar do sábado? Daniel 7:25

O capítulo 7 de Daniel descreve a sucessão de reinos desde o tempo do profeta até a volta de Jesus. Começa com Babilônia, passa pela Medo-Pérsia e Grécia e termina com Roma. A partir do verso 23, a profecia mostra que um poder político-religioso herdeiro do poder romano mudaria os tempos e a lei (verso 25). Quem, na História, cometeu tamanha atitude de desobediência a Deus? O primeiro dia da semana era dedicado ao culto do Sol, pelos antigos babilônios. Em 274 d.C., o imperador Aureliano adotou o culto do Sol como a religião oficial do Império Romano. Ao culto do Sol foi dedicado o primeiro dia da semana (em inglês, domingo ainda significa “Dia do Sol” – Sunday; e em alemão também – Sonntag). Com o tempo, esse dia santo dos pagãos foi sendo adotado pela cristandade, até que no dia 7 de março de 321, o imperador Constantino assinou um decreto que oficializou o domingo como dia de guarda, o que foi aprovado pela Igreja Católica no ano 364. Porém, sempre houve fiéis que não aceitaram as tradições humanas, permanecendo leais à Bíblia e sendo perseguidos por isso. (Clique aqui e leia um artigo esclarecedor sobre esse assunto.)

3. Os capítulos 7 e 13 de Apocalipse descrevem um momento futuro em que o selo de Deus e a marca da besta serão aplicados sobre dois grupos de pessoas. Que selos são esses? Apocalipse 7:2, 3; Apocalipse 13:16, 17

Seria muito importante fazer um estudo mais aprofundado do livro do Apocalipse. Mas por agora basta dizer que esse é um livro de contrastes: dragão (Satanás) x cordeiro (Jesus); igreja verdadeira (mulher vestida de sol) x igreja corrompida (prostituta); povo de Deus x adoradores da besta; etc. Assim também ocorre com os selos ou as marcas. Ezequiel 20:20 diz que o sábado é um sinal entre Deus e Seu povo, e Isaías 8:16 afirma que a lei de Deus deve ser selada no coração de Seus seguidores. Nos tempos bíblicos, selo era uma espécie de carimbo que continha as seguintes informações a respeito da autoridade que estava selando o documento: (1) nome da autoridade; (2) cargo/função da autoridade; e (3) jurisdição ou área de abrangência dessa autoridade. Quando lemos os dez mandamentos, qual deles contém essas informações? Leia Êxodo 20:8-11 e você encontrará ali as três características: (1) Deus (nome); (2) Criador (Ele fez); (3) céus e Terra (jurisdição). O sábado é o selo escatológico de Deus na Bíblia. Portanto, em Apocalipse 7:2 e 3, o selo que será aplicado na testa (mente) do povo de Deus é o santo sábado. Por contraste óbvio, o selo da besta tem que ser algo parecido com o selo de Deus, mas oposto a ele (assim como o anticristo quer parecer Deus, mas se opõe a Ele). Portanto, a marca da besta tem que ser um dia semana, pois a marca/selo de Deus é um dia. Que dia da semana tentaram colocar como substituto do sábado? Sim, a resposta é óbvia…

4. Vamos analisar outro ponto agora. Na lição passada, vimos que Jesus veio para cumprir a lei de Deus, a fim de nos dar exemplo (Mateus 5:17-19). O apóstolo Paulo afirma que os mandamentos de Deus são puros, santos e bons (Romanos 7:12). Por que, então, há passagens que parecem depreciar a lei? Um estudo cuidadoso revelará que a Bíblia faz menção a mais de uma lei, deixando clara a superioridade da lei de Deus, os Dez Mandamentos. Que título de distinção é dado à lei de Deus? Tiago 2:8, 9

5. Por que meio vem o conhecimento do pecado e por meio de que seremos julgados? Romanos 7:7; Tiago 2:12

A lei que diz “Não cobiçarás” é a dos Dez Mandamentos. E a “lei da liberdade” é, também, a dos Dez Mandamentos, pois nos versículos anteriores a Tiago 2:12 são mencionados os mandamentos “Não matarás” e “Não adulterarás”. No entanto, a Bíblia menciona outra lei que foi dada após o pecado e tinha prazo de validade. É importante compreender isso e perceber as diferenças entre a lei de Deus (eterna) e a lei cerimonial (com prazo de validade). 

6. Em que Deus escreveu os Dez Mandamentos? E em que foram escritas as leis cerimoniais (que continham orientações sobre sacrifícios e holocaustos)? Deuteronômio 4:13; 2 Crônicas 35:12

Percebeu a diferença? Os Dez Mandamentos (lei moral) foram escritos pelo dedo de Deus em tábuas de pedra. A lei cerimonial foi escrita por Moisés em livros (pergaminhos de couro de cabra). 

7. Onde foram colocadas as tábuas dos Dez Mandamentos? E onde Moisés ordenou que pusessem a lei cerimonial que ele havia escrito? Êxodo 40:20; Deuteronômio 31:25, 26

As tábuas de pedra da lei moral foram colocadas dentro da arca da aliança. A lei cerimonial escrita em pergaminhos foi colocada ao lado da arca. Bem claro, não? 

8. A lei cerimonial era completa em si mesma? Efésios 2:15

9. Poderiam as ofertas ordenadas pela lei cerimonial satisfazer ou tornar perfeita a consciência do crente? Hebreus 9:9

10. Até que tempo deveriam ser realizados os serviços cerimoniais no santuário terrestre? Hebreus 9:10

11. Quando foi esse “tempo de reforma” ou “nova ordem”? Hebreus 9:11-14

12. O que a morte de Cristo fez com a lei cerimonial? Colossenses 2:14; Efésios 2:15

16. Por que a lei cerimonial foi ab-rogada (anulada) e o que marcou esse acontecimento? Hebreus 7:18, 19; Mateus 27:50, 51

Quando Jesus morreu na cruz, a cortina do santuário terrestre se rasgou de alto a baixo (não de baixo para cima, como se um homem a tivesse rasgado), indicando assim que as cerimônias realizadas naquele local não tinham mais sentido. E não tinham mais sentido porque o verdadeiro cordeiro de Deus havia acabado de morrer pelos pecadores (João 1:29). As ordenanças, as leis cerimoniais e os sacrifícios do santuário terrestre eram um símbolo da obra de Cristo. Tiveram validade até a morte do Cordeiro; depois foram abolidos por Ele, pois encontraram nEle seu cumprimento. A lei cerimonial foi dada ao povo judeu após o pecado de Adão e Eva e tiveram cumprimento na cruz. A lei moral e o sábado foram dados a Adão e Eva antes do pecado e serão eternos. Você percebeu as diferenças? Portanto, Paulo não está se contradizendo quando diz que uma lei é santa, justa e boa (Romanos 7:12) e a outra foi cancelada na cruz (Colossenses 2:14). São duas leis e dois propósitos. 

MINHA DECISÃO:

Reafirmo minha posição de que os Dez Mandamentos estão em vigor e são uma bênção na vida daqueles que os colocam em prática. Compreendi que a lei cerimonial foi abolida em Jesus e que o domingo não constitui um dia de guarda bíblico. Por isso, decido com a ajuda de Deus obedecer à lei moral e guardar o santo sábado.

CONTRASTE ENTRE AS DUAS LEIS (moral e cerimonial):

Lei moral

É chamada “lei régia” (do Rei) – Tiago 2:8
Foi proferida por Deus – Deuteronômio 4:12, 13
Foi escrita por Deus em tábuas de pedra – Êxodo 31:18
Foi escrita “pelo Dedo de Deus” – Êxodo 31:18
Foi posta dentro da arca – Êxodo 40:20; 1 Reis 8:9; Hebreus 9:4
É perfeita – Salmo 19:7
Deverá “permanecer firme para todo o sempre” – Salmo 111:7, 8
Não foi abolida por Cristo – Mateus 5:17
Devia ser engrandecida por Cristo – Isaías 42:21
Comunica conhecimento do pecado – Romanos 3:20; 7:7

Lei Cerimonial

É chamada “a lei dos mandamentos na forma de ordenanças” – Efésios 2:15
Foi ditada por Moisés – Levítico 1:1-3
Era em “forma de ordenanças” – Colossenses 2:14
Foi escrita por Moisés num livro – 2 Crônicas 35:12
Foi posta ao lado da arca – Deuteronômio 31:24-26
“Nunca aperfeiçoou coisa alguma” – Hebreus 7:19
Foi cravada na cruz – Colossenses 2:14
Foi abolida por Cristo – Efésios 2:15
Foi anulada por Cristo – Colossenses 2:14
Foi instituída em consequência do pecado – Levítico 3-7

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s