TEMA 9 – A eterna lei do Criador

lei de DeusVocê já imaginou se a lei da gravidade deixasse de “funcionar”? Sairíamos flutuando dentro de casa. A água do nosso planeta vazaria para o espaço. A Terra escaparia da órbita do Sol. Resumindo: morreríamos. As leis físicas foram criadas para o bem do Universo e para a nossa segurança. Podemos desafiá-las? Sim. Basta, por exemplo, subir no telhado e se jogar de lá. Somos livres para desafiar as leis do Criador, mas não somos livres para escapar das consequências disso. Pense nas leis divinas como uma cerca de proteção. Viver dentro dos limites delas é viver em segurança. O mesmo se pode dizer das leis morais. Elas também servem para nos proteger e são tão eternas quanto o próprio Deus. Além disso, as leis morais são o padrão de julgamento no juízo, como vimos no estudo anterior. Quando ocorre um julgamento, entende-se que uma lei foi transgredida. Onde não há lei, não há transgressão. Por outro lado, quando a lei é devidamente cumprida, não há condenação. Neste estudo veremos que a lei moral de Deus – como qualquer outra de Suas leis universais – ainda está em vigor. Também compreenderemos a importância da lei moral e descobriremos como cumpri-la.  

1. Segundo o plano de Deus, qual é o segredo de uma vida longa? Provérbios 3:1, 2

Na verdade, não há segredo. Para ter uma vida longa, feliz e saudável, basta viver de acordo com as normas do nosso Fabricante (vamos estudar mais a fundo esse assunto em outro momento). Lembre-se: a lei de Deus é uma cerca de proteção. Nunca se deve retirar uma cerca do lugar, a menos que se saiba por que ela foi colocada lá. E como sabemos que no caso da lei moral foi Deus quem a estabeleceu, seria um absurdo querer retirá-la.  

2. Como devemos proceder? Tiago 2:12 (leia também os versos 10 e 11 para saber que lei é essa)

Relembrando: Tiago chama os dez mandamentos de lei da liberdade porque quem os obedece e vive uma vida de relacionamento com Jesus é verdadeiramente livre (João 8:32). A lei não condena os que são fieis; condena os transgressores. Estes são escravos do pecado. 

3. Agora vamos ler os dez mandamentos como estão na Bíblia. Tome tempo para refletir sobre cada um deles. Êxodo 20:3-17

Os dez mandamentos foram dados por Deus a Moisés no alto do monte Sinai. Mais de mil anos depois, novamente sobre um monte, Jesus, Deus encarnado, amplia o sentido da lei, destacando os princípios relacionados com cada mandamento. Tome algum tempo para ler também Mateus 5:21-37. 

4. Quem escreveu os mandamentos nas tábuas de pedra entregues a Moisés? Êxodo 31:18

O apóstolo Paulo diz que toda a Escritura (Bíblia) é divinamente inspirada, ou seja, o Espírito Santo colocou as ideias na mente dos autores que as escreveram com suas palavras. Com os dez mandamentos foi diferente: o próprio Deus escreveu com Seu dedo nas tábuas de pedra. Quer maior evidência de santidade e importância do que isso? Como alguém se atreveria a mudar algo que o próprio Criador escreveu? 

5. Como o apóstolo Paulo considerava a lei de Deus? Romanos 7:12

Paulo só poderia considerar a lei de Deus santa, justa e boa, afinal, ela foi criada por um Deus santo, justo e bom. 

6. Jesus transgrediu, mudou ou anulou a lei de Deus? Mateus 5:17-19

Em primeiro lugar, se Jesus tivesse transgredido a lei de Deus, teria Se tornado um pecador, afinal, a definição bíblica de pecado é transgressão da lei (1 João 3:4). Nesse caso, Ele também precisaria de um salvador. Também é estranho imaginar que Jesus mudaria a lei que o próprio Deus deu à humanidade. E Mateus 5:17-19 confirma o fato de que Jesus não anulou a lei. Na verdade, é um absurdo pensar que Ele tivesse feito isso com a lei que é santa, justa e boa. Leia também João 15:10.

7. Quem tem fé não precisa obedecer à lei de Deus? Romanos 3:31

Quem tem fé acredita em tudo o que Deus diz e no que está na Bíblia Sagrada. Quem tem fé confia nas ordens divinas e sabe que os mandamentos criados por Deus são para o nosso bem. Quem tem fé crê que Deus o habilitará a cumprir Seus mandamentos. 

8. A lei de Deus pode nos salvar? Romanos 3:20

Somos salvos pela fé nos méritos de Cristo. Somos salvos unicamente pela graça divina. A salvação é um presente, não um merecimento. Pensar que a obediência aos mandamentos de Deus possa comprar nossa salvação é distorcer totalmente o evangelho.

9. Então para que serve a lei de Deus? Tiago 1:23-25

Tiago compara a lei de Deus a um espelho. Somente por meio da lei podemos conhecer nossos defeitos de caráter e pecados. Mas não podemos nos limpar com o espelho. Essa não é a função dele. Precisamos de água ou de uma toalha. Jesus é a toalha. Portanto, a lei diagnostica o problema, mas é Cristo quem o resolve.

10. Como a Bíblia considera a pessoa que diz conhecer Jesus Cristo, mas recusa guardar Seus mandamentos? 1 João 2:3, 4

A expressão é forte, mas não poderia ser outra: mentiroso. Como alguém pode afirmar que conhece Jesus, enquanto ignora conscientemente os mandamentos que Ele deixou registrados em Sua Palavra? Para conhecer Jesus precisamos estudar o que a Bíblia diz sobre Ele e sobre Seus ensinamentos. E a Bíblia deixa muito claro que Jesus guardou os mandamentos de Deus e quer que façamos a mesma coisa. Quem realmente conhece Jesus sabe disso.

11. Qual o principal motivo para obedecermos à lei de Deus? João 14:15

Assim como o motivo que deve levar o marido a ser fiel à esposa é o amor, nossa motivação para ser fiéis a Deus deve ser igualmente o amor. Quem ama é fiel. Quem ama obedece, ainda mais quando sabe que tudo o que seu amado lhe pede é para o seu bem.  

MINHA DECISÃO:

Aceito os dez mandamentos como padrão de conduta para a minha vida. Creio que todos os mandamentos são igualmente importantes (Tiago 2:10) e peço poder a Deus para ser inteiramente fiel.

O DEZ MANDAMENTOS conforme a Bíblia (Êxodo 20:3-17, resumidos)

1. Não terás outros deuses além de Mim.
2. Não farás imagem de escultura para as adorar.
3. Não tomarás o nome do Senhor em vão.
4. Lembra-te do dia do sábado para o santificar, pois o sétimo dia é o sábado do Senhor teu Deus.
5. Honra a teu pai e a tua mãe.
6. Não matarás.
7. Não adulterarás.
8. Não furtarás.
9. Não dirás falso testemunho contra o teu próximo.
10. Não cobiçarás a casa, a mulher nem qualquer outra coisa do teu próximo.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s