TEMA 7 – A cruz antes da cruz

O estudo do Santuário e das cerimônias que eram realizadas nele, nos dá uma compreensão mais profunda do plano da salvação e da eliminação do mal.

1. Para que Deus ordenou a construção do Santuário? Êxodo 25:8

2. Além do pátio, quantos compartimentos tinha o Santuário? Hebreus 9:2 e 3
O lugar ………………..e o lugar ……………………

3. O que havia nesses compartimentos? 

a) No Santíssimo havia ………………. Êxodo 40:20 e 21; 26:33
b) No Santo havia …………………… Êxodo 40:22, 24 e 26
c) No Pátio havia …………………… Êxodo 40:29 e 30

4. Quem entrava em cada compartimento? 

a) No Santo ………………… Hebreus 9:6
b) No Santíssimo ……………. Hebreus 9:7
c) No Pátio: os pecadores arrependidos.

5. O que se fazia no Santuário? 

a) ………………………… Números 28:1-4

O sacrifício contínuo simbolizava a salvação à disposição de todos, a cada instante.

b) ………………………… Levítico 4:2, 27-31

O sacrifício pelo pecado simbolizava a transferência do pecado, do pecador para o Santuário, via sacerdote, pelo sangue.

c) ………………………… Levítico 16:5, 8, 15, 16, 30 e 34

O Dia da Expiação simbolizava a remoção completa dos pecados.

6. A quem representavam todos os sacrifícios do Antigo Testamento? Hebreus 9:9, 13 e 14; João 1:29; Apocalipse 1:5

7. De que o Santuário terrestre era cópia? Êxodo 25:40; Hebreus 8:5; 9:24
8. Quando o Santuário da Terra perdeu a vigência? Mateus 27:50 e 51

9. Que Santuário está em função atualmente? Hebreus 8:1 e 2

Minha Decisão:

Assim como os pecados do antigo Israel eram simbolicamente transferidos para o Santuário terrestre através do sangue dos sacrifícios, desejo que o sangue de Jesus Cristo, o Cordeiro de Deus, purifique todos os meus pecados, tornando-me nova criatura.

o último estudo analisamos o Santuário terrestre e os rituais que eram nele realizados. Vimos que tudo o que era feito no Santuário (os sacrifícios, a aplicação do sangue dos animais, o serviço dos sacerdotes) era uma representação em símbolo da obra redentora de Cristo. Por isso mesmo, o Santuário terrestre teve validade até o momento em que Cristo morreu na cruz, quando o véu do templo judaico rasgou-se de alto a baixo (Mat. 27:50 e 51). A partir dali entrou “em ação” o Santuário Celestial. Sabendo o que era feito no Santuário terrestre, fica mais fácil compreender a obra de Cristo no Santuário Celestial.

1. O Santuário terrestre era uma cópia do Santuário Celestial. Confira Apocalipse 8:3; 11:19; 15:5; Hebreus 8:2 e 5

2. Quem é o Sacerdote e a vítima (Cordeiro) do Santuário do Céu? Hebreus 4:14 e 7:27

3. Onde entrou Jesus, após Sua morte e para quê? Hebreus 8:1 e 2; 9:24 e 7:25; I João 1:9

4. Que fará Deus? E quem é o Juiz? Eclesiastes 12:14; II Coríntios 5:10; João 5:22 e 27; Atos 17:31

5. Quais são os livros envolvidos no julgamento?

a) Da vida. Apocalipse 20:15; 21:27 – Nele estão registrados os nomes dos salvos.
b) Memorial. Malaquias 3:16 – Registro das atitudes das pessoas.

6. Quando o nome de alguém é inscrito no Livro da Vida? João 5:24

7. Se alguém não confessou ou não abandonou todos os pecados, o que ocorre no Juízo? Êxodo 32:33

8. E se venceu todos os pecados, pelo poder de Cristo? Apocalipse 3:5

9. Se pecarmos, a quem devemos recorrer como nosso advogado ou mediador? I João 2:1

10. Qual será a norma de julgamento para todos? Tiago 2:12

11. Que decreto é feito na conclusão do Juízo? E que fará Jesus logo a seguir? Apocalipse 22:11 e 12

Minha Decisão:

Sabendo que há um Juízo se processando e que preciso abandonar todos os pecados, peço perdão a Cristo e forças para vencer minhas más tendências. Quero que meu nome permaneça no Livro da Vida.

As três fases do Juízo:

1. Juízo Investigativo (ocorre no Céu, para determinar quem dentre os vivos e os mortos estará salvo – I Ped. 4:17 e Apoc. 14:6 e 7).
2. Juízo de Comprovação (realizado por Cristo e pelos salvos, durante o Milênio no Céu, a fim de verificar o caso dos perdidos que ficaram mortos na Terra – Apoc. 20:4 e 6I Cor. 6:1-3).
3. Juízo Executivo (será aplicado sobre os ímpios e sobre Satanás e seus anjos, no fim do Milênio – Apoc. 20:11-15).

Anúncios

TEMA 6 – A viagem de mil anos

Nova JerusalémO que acontecerá depois da volta de Cristo? Para onde irão os salvos? O que você acha de participar de umas “férias” de mil anos ao lado daqueles a quem você ama e junto com Jesus? Então prepare-se, pois Cristo já comprou sua “passagem” para essa viagem maravilhosa! E como se já não bastasse essa ótima notícia, o  milênio é apenas o começo da eternidade. Neste estudo, veremos alguns vislumbres do lar eterno de paz que pertencerá aos remidos de Deus. Faça uma oração e abra a sua Bíblia. Realidades futuras maravilhosas inundarão sua imaginação e o encherão de esperança!

1. Para recordar: Para onde Jesus levará os salvos quando Ele voltar à Terra? João 14:1-3

2. Para recordar: Quando Jesus voltar, o que acontecerá com os que morreram crendo nEle e com os que estiverem vivos? 1 Tessalonicenses 4:16, 17

3. Que efeito terá a vinda de Cristo sobre aqueles que escolheram viver sem Deus e no pecado? 2 Tessalonicenses 2:8; leia também João 5:28, 29

Faz parte do plano de Deus destruir o pecado. A rebelião iniciada no Céu com Lúcifer e transferida para a Terra trouxe apenas sofrimento, dor e morte. Deus é amor e não pode tolerar que esse câncer corrosivo chamado pecado continue existindo em Seu universo, trazendo dor e degradação. Infelizmente, os anjos caídos e muitos seres humanos insistirão em permanecer agarrados ao pecado e serão finalmente destruídos com ele. Existe apenas uma escolha entre duas alternativas: vida eterna sem pecado ou morte eterna por causa do pecado.   

4. Por quanto tempo os salvos permanecerão no Céu e o que farão lá? Apocalipse 20:4; 1 Coríntios 6:2, 3

É durante esses mil anos a bordo da Nova Jerusalém que todas as dúvidas serão dissipadas. Dizem que lá teremos três surpresas: (1) eu estou aqui! (2) você está aqui?! (3) por que fulano não está aqui? Digamos que uma pessoa aparentemente muito bondosa a quem você admirava não foi salva. No milênio, você terá acesso aos registros dessa pessoa e saberá de coisas que talvez apenas Deus soubesse. É nesse sentido que participaremos do julgamento de Deus. O Criador é tão transparente e quer que as coisas fiquem tão claras que submeterá Seu julgamento ao nosso escrutínio. Essa fase do juízo pode ser chamada de “juízo de comprovação”, e será necessária para o bem dos remidos e de todo o Universo.  

5. Enquanto os salvos estiverem reinando com Cristo, no Céu, onde e como estarão os perdidos? Apocalipse 20:5

6. Como permanecerá a Terra durante o milênio? Jeremias 4:23-26

Esse texto de Jeremias descreve a Terra em uma condição em que ela nunca esteve. Escuridão, ausência de vida, destruição total. Só pode ser, então, a descrição do planeta após a volta de Jesus e durante os mil anos seguintes, pois os salvos (os ressuscitados e os que estavam vivos por ocasião da segunda vinda de Cristo) terão sido levados para o Céu, e os ímpios não arrependidos terão ficado aqui, mortos. Os que já estavam mortos nem sequer saberão o que aconteceu. Os que estiverem vivos não poderão contemplar a glória de Deus e serão mortos por ela. Logo, a Terra ficará vazia, exceto pela presença de outros seres não humanos… 

7. Como ficará Satanás durante os mil anos na Terra? Apocalipse 20:1-3

A prisão de Satanás e seus anjos será uma cadeia de circunstâncias, pois não poderão sair deste planeta e aqui não terão ninguém para enganar, uma vez que, como já vimos, os ímpios estarão mortos e os salvos estarão no Céu. A palavra “abismo” nos remete ao relato da criação em Gênesis. Antes de Deus organizar a Terra para ser habitada, ela estava na condição “sem forma e vazia” (Gênesis 1:2), e o Espírito Santo pairava sobre a face do “abismo”. Assim, durante o milênio, uma vez mais a Terra ficará na condição “sem forma e vazia”, ou seja, desolada, sem seres humanos, aguardando a nova criação, reorganização. 

8. No fim do milênio, qual será o fim de Satanás, seus anjos e os ímpios, ao tentarem tomar a cidade de Deus, que descerá do céu? Apocalipse 20:7-10

No fim do milênio, Satanás será solto por pouco tempo, afinal, ocorrerá a segunda ressurreição com a terceira vinda de Cristo. Desta vez, ressuscitarão os ímpios, não para a vida eterna, como os salvos ressuscitaram mil anos antes. Os ímpios ressuscitarão para participar da terceira e última etapa do juízo de Deus: a etapa executiva. Satanás será solto das circunstâncias que o prendiam e terá à sua disposição um grande exército formado pelas pessoas mais cruéis de todos os tempos. Ele as iludirá com a ideia de que podem tomar para si a cidade santa e, em uma última batalha suicida, cercarão a cidade sendo, depois, destruídos no lago de fogo que se tornará o planeta Terra. 

9. O que não sofrerão os que ressuscitarem na primeira ressurreição (por ocasião da volta de Cristo)? Apocalipse 20:6

A segunda morte é a eterna. Por isso a Bíblia chama esse fogo de “eterno”, pois quem morre nele, morre para sempre. O livro de Judas (1:7) nos ajuda a compreender isso ao mencionar a destruição de Sodoma e Gomorra, no Antigo Testamento. Ambas as cidades foram incineradas por Deus por causa da tremenda impiedade que havia ali. Judas escreveu que elas sofreram a pena do “fogo eterno”. Só que, obviamente, elas não estão queimando até hoje! O fogo foi eterno como será eterno o lago de fogo: quem é morto ali não volta mais. Serão transformados em cinzas, como afirma Malaquias 4:3. Logo, não existe e nunca existirá um inferno de fogo eterno como alguns ensinam (leia mais sobre esse mito aqui). Além de ser um conceito antibíblico, essa ideia vai contra o caráter de um Deus justo que jamais condenaria ao sofrimento terrível por bilhões e bilhões de anos alguém que pecou por algumas décadas. Mesmo os seres humanos jamais aplicariam uma pena dessas. A pena capital que costuma ser aplicada é a prisão perpétua ou a pena de morte. Além disso, é bom lembrar que, segundo Apocalipse 21:1-5, após o milênio não mais haverá morte, dor, pranto nem clamor. Como poderia haver um inferno com pessoas sofrendo e esse texto continuar sendo verdadeiro? A Bíblia é muito clara: o destino dos perdidos é a segunda morte. E dessa morte os salvos não participarão. 

10. O que acontecerá com a Terra quando os ímpios receberem o castigo da segunda morte? 2 Pedro 3:10

11. O que esperamos para depois disso? 2 Pedro 3:13; Apocalipse 21:1

12. No fim do milênio, onde estará a Nova Jerusalém? Apocalipse 21:2

Para uma descrição detalhada da Nova Jerusalém, leia Apocalipse 21:9-27. A cidade santa, que descerá sobre o Monte das Oliveiras (Zacarias 14:3, 4), será a capital da Nova Terra. Assim, teremos um “apartamento” na cidade feito por Jesus (João 14:1-3) e poderemos construir uma “casa de campo” nas planícies verdejantes da Terra recriada (Isaías 65:21).

13. Quem habitará a Nova Terra, junto com os salvos? Apocalipse 22:3

O que há de mais maravilhoso nas profecias relacionadas à Nova Terra é o fato de que Deus trará para cá o trono dEle. Ou seja, isso fará da Terra o novo Céu! Sim, este minúsculo planeta na vastidão do Universo, humilhado pelo pecado, sofrendo por milênios os efeitos da queda moral humana, será honrado com a presença da Divindade! Nossa humilhação será transformada em júbilo e honra! Viveremos eternamente na presença de Deus, na companhia dos nossos queridos salvos e dos anjos, em um mundo onde não mais haverá qualquer traço de maldade, tristeza e injustiça. Nas palavras de Ellen White: “O grande conflito terminou. Pecado e pecadores não mais existem. O Universo inteiro está purificado. Uma única palpitação de harmonioso júbilo vibra por toda a vasta criação. DAquele que tudo criou emanam vida, luz e alegria por todos os domínios do espaço infinito. Desde o minúsculo átomo até ao maior dos mundos, todas as coisas, animadas e inanimadas, em sua serena beleza e perfeito gozo, declaram que Deus é amor” (O Grande Conflito, p. 678).

14. Somente quem entrará no Reino dos Céus? Mateus 7:21

A Nova Terra será habitada por pessoas redimidas por Jesus, que aceitaram o plano divino de salvação e tiveram prazer em fazer a vontade de Deus expressa em Sua Palavra, a Bíblia Sagrada. Comece já a viver a vida de um remido de Deus! 

grafico milenio

Minha Decisão:

Em Ezequiel 18:23, lemos: “Tenho Eu algum prazer na morte do ímpio? Diz o Senhor Deus. Não desejo antes que se converta dos seus caminhos, e viva?” Somente ficarão fora da Nova Terra aqueles que assim decidirem, pois Deus respeita a decisão humana. Decida estar junto aos remidos de Deus e desfrutar a vida eterna ao lado de Jesus.

TEMA 5 – Jesus prometeu voltar

second-coming-of-christUma das mais belas promessas bíblicas é a da segunda vinda de Cristo. Em toda a Bíblia há mais de 2.500 referências a esse grande evento futuro, afinal, de nada adiantaria Jesus ter vindo a este mundo, assumido a forma humana, morrido na cruz, ressuscitado, voltado ao Céu e nos abandonado neste planeta corrompido e desgastado pelo pecado. Ele voltará para nos resgatar. Mas como Jesus voltará? Todas as pessoas O verão? O que Ele vai fazer nessa ocasião? Iremos para algum lugar com Ele ou ficaremos por aqui? Abra a Bíblia, faça uma oração e descubra.

1. Que promessa fez nosso Senhor Jesus antes de subir ao Céu? João 14:1-3

Jesus nunca mentiu. Tudo o que Ele disse se cumpriu. Antes de Ele vir à Terra como ser humano, a Bíblia previu 700 anos antes (Miqueias 5:2) que Ele nasceria em Belém, e Ele nasceu. Ele garantiu que ressuscitaria, e ressuscitou. E Ele também disse que vai voltar. Jesus jamais brincaria com um assunto tão sério. Ele prometeu nos levar para o lugar onde Ele está agora, ou seja, o Céu. E ele vai cumprir a promessa!

2. Quem mais garantiu que Jesus voltará? Atos 1:11

Os anjos que acompanharam Jesus em Sua subida ao céu garantiram que Ele vai voltar. Inclusive descreveram a forma como será essa segunda vinda: Jesus virá em pessoa, nas nuvens do céu, rodeado de anjos e visivelmente. 

3. Quem acompanhará Jesus, quando Ele voltar? Mateus 25:31

4. Por que é importante saber exatamente como Jesus voltará? Mateus 24:5, 23, 24

É muito importante conhecer a forma como Jesus voltará porque um dos grandes enganos finais de Satanás será justamente imitar a volta de Cristo. Além disso, Jesus disse que surgiriam falsos Cristos e falsos profetas, inclusive fazendo milagres. Assim, nossa segurança está em conhecer a Bíblia Sagrada e o que ela diz sobre a volta de Jesus. Um detalhe básico: Ele não pisará sobre a Terra nem virá aqui para salvar, curar, ensinar. Virá para resgatar os que aceitaram Seu plano de salvação, e esse encontro será nos ares, como você lerá a seguir. Simples assim. 

5. Quantos verão Jesus Cristo voltando? Apocalipse 1:7; Mateus 24:30

Salvos ou perdidos, crentes ou descrentes, preparados ou não – todos verão Jesus vindo nas nuvens do céu com poder e grande glória. Leia também Lucas 21:27 e Mateus 24:27.

6. O que acontecerá com os que morreram crendo em Jesus e com os que estiverem vivos quando Ele voltar? 1 Tessalonicenses 4:16, 17; 1 Coríntios 15:51-53

Nesses textos Paulo ajuda a desfazer o mito do “arrebatamento secreto”, segundo o qual os salvos seriam levados invisivelmente para o Céu antes da volta de Jesus e da grande tribulação. A verdade é que os salvos serão arrebatados visivelmente e na volta de Jesus, não antes nem depois. Outro detalhe que precisa ficar claro: os que morrem crendo em Jesus também não vão para o Céu antes dos demais salvos. Na volta de Cristo os mortos salvos ressuscitam com um corpo glorioso, imortal, e os vivos salvos são transformados num piscar de olhos e recebem eles também um corpo imortal, incorruptível, sem pecado. Assim, imortais e glorificados, os que estavam mortos e os que estavam vivos por ocasião da volta de Cristo formam um único grupo de salvos e são levados para o céu a fim de se encontrar com Jesus e nunca mais se separar dEle. 

7. Compare a atitude dos ímpios com a dos justos, por ocasião da volta de Cristo.  Ímpios (Apocalipse 6:15-17); Justos (Isaías 25:9)

Os salvos obviamente ficarão imensamente felizes por encontrar finalmente seu Salvador e porque todas as lutas, os sofrimentos e as dores deste mundo de pecado terão ficado para trás. Ficarão felizes porque reencontrarão seus queridos que morreram na esperança da salvação. Será a realização de todos os seus mais lindos sonhos! Quanto aos ímpios – aqueles que rejeitaram todos os convites do Espírito Santo para a salvação, que preferiram viver para o prazer impróprio, para o poder egoísta, unicamente para uma vida de pecado –, esses lamentarão profundamente o fato de terem trocado a vida eterna por “migalhas”, por poucos anos de alegria ilusória. Terão medo de contemplar o rosto glorioso de Jesus, porque sabiam que Ele voltaria, mas desprezaram essa verdade. Portanto, não serão inocentes e vão querer se esconder de vergonha e pavor, o que será inútil, obviamente. Os salvos somente poderão contemplar a glória de Deus porque terão sido transformados. Os ímpios, como não passarão por esse processo de transformação, não poderão contemplar Jesus e serão destruídos pelo poder da presença dEle. Isso será muito triste, obviamente, mas terá sido a escolha dessas pessoas, a qual Deus respeitará. 

8. Que sinais Jesus deixou da brevidade de Sua vinda? Leia as passagens e marque um X ao lado dos sinais que estão acontecendo hoje.

[   ] Guerras e preparativos de guerra. Mateus 24:6, 7
[   ] Fomes, pestes e doenças. Mateus 24:7
[   ] Terremotos em vários lugares. Mateus 24:7
[   ] Aumento do crime e da maldade. Mateus 24:10, 12
[   ] Acúmulo de riquezas nas mãos de poucos e maioria pobre. Tiago 5:1-3
[   ] Falsa segurança e paz incerta. 1 Tessalonicenses 5:3
[   ] Temor e angústia com relação ao futuro. Lucas 21:25-27
[   ] Busca insaciável de prazeres. 2 Timóteo 3:1-4
[   ] Declínio moral e religioso. Romanos 1:24-27
[   ] Aumento das falsas religiões. 2 Pedro 2:1
[   ] Falsos cristos e falsos profetas. Mateus 24:24
[   ] Tempos difíceis, vida complicada, estresse. 2 Timóteo 3:1 e Tiago 5:1-3

A intensidade com que esses sinais têm ocorrido em nossos dias (todos ao mesmo tempo) aponta para o breve retorno de Cristo.

9. Qual o último sinal a ser cumprido? Mateus 24:14

O avanço evangelístico em países antes inacessíveis é uma boa notícia para os cristãos.

10. Há pessoas que duvidam da volta de Cristo e até zombam daqueles que creem nisso. Como elas cumprem, também, a profecia? 2 Pedro 3:3, 4

11. Sabendo que Jesus voltará para levar os que O aceitaram como Salvador, que conselho nos dá a Bíblia? Lucas 21:34, 36

Devemos vigiar o cumprimento dos sinais e, principalmente, vigiar nosso coração e nossa relação com Cristo hoje. Se estamos em paz com Deus, com nossos pecados perdoados e vivendo em comunhão com Jesus, a segunda vinda dEle será aguardada com muita alegria.

MINHA DECISÃO:

Em 2 Pedro 3:9 lemos: “O Senhor não retarda a Sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; porém é longânimo para convosco, não querendo que ninguém se perca, senão que todos venham arrepender-se.” Talvez Jesus esteja esperando por você. Não adie seu preparo. Entregue sua vida a Cristo hoje para encontrá-Lo pessoalmente logo mais.

TEMA 4 – Salvos de que e para quê?

savedExiste no coração de cada ser humano a sensação inconsciente de estar perdido. “Como obter a salvação? E salvação do quê? Para quê?” – são perguntas comuns. O próprio senso de vazio que nos acompanha por toda a vida parece indicar que precisamos de alguma coisa além de nós mesmos; algo que não pode ser satisfeito por riqueza, poder e prazer. Pegue sua Bíblia, faça uma oração e descubra por si mesmo qual é essa “peça” que talvez esteja faltando em sua vida e que pode trazer significado e sentido à sua existência.

1. Quantas pessoas são pecadoras? Romanos 3:23

2. Qual é o salário do pecado? Romanos 6:23; 5:12

Por causa do pecado, o ser humano se tornou mortal. Como todos são pecadores e já nascem com uma natureza pecamisosa (uma herança da condição de Adão e Eva), logo todos os seres humanos são mortais e carentes de salvação.  

3. Como Deus resolveu nosso problema? Romanos 5:8; Isaías 53:6

Note: nós merecíamos morrer por ser pecadores; Jesus não merecia morrer porque nunca pecou; mas Ele morreu em nosso lugar para que possamos viver. Isso é substituição. Ele recebeu a coroa de espinhos que não Lhe pertencia para nos conceder a coroa da vida a que não tínhamos direito. 

4. Podemos pagar pela salvação? Efésios 2:8

Nossa salvação foi comprada a um preço infinito: o sangue do Filho de Deus, o Criador do Universo. O resgate pela quebra da lei de Deus foi pago com a vida de Jesus. O salário do pecado foi assumido por Ele. Quando o ser humano pensa que pode fazer algo para conquistar a vida eterna está, na verdade, minimizando o sacrifício do Salvador. Num primeiro momento, tudo o que temos que fazer é aceitar o que Ele fez por nós. Teologicamente, isso se chama “justificação” – o ato de Deus tornar justo o pecador arrependido que confessa seus pecados.   

5. Leia Lucas 19:9 e complete a frase: Um dia Jesus entrou na casa de Zaqueu e afirmou que quem havia entrado era a ………………………

Convide o Salvador para entrar também em sua casa, em sua vida. 

6. Se a salvação é Jesus, e Jesus é uma pessoa, o que devemos fazer, então, para ser salvos? João 15:4, 5

Com pessoas a gente se relaciona. E relacionamento é convivência. Assim, devemos todos os dias conversar com Jesus (oração) e conhecer a vontade dEle para nossa vida (estudar a Bíblia).   

7. Além de Cristo, há algum outro em quem poderíamos encontrar a salvação? Atos 4:12; João 14:14; 1 Timóteo 2:5, 6

Somente Jesus Cristo pode transpor o abismo criado entre a humanidade e Deus por causa do pecado, e Ele fez e faz isso porque é Deus e humano. A ponte perfeita. O mediador perfeito. Além disso, Ele foi o único ser humano que não cometeu pecado nem tinha natureza pecaminosa, podendo ser o substituto perfeito em lugar dos pecadores. Nenhum outro ser no Universo reúne essas características e qualidades. Jesus é nosso Salvador incomparável!

8. Qual o primeiro passo para a salvação? Atos 16:31

De nada adianta Jesus ter morrido na cruz se eu não creio que o que Ele fez foi suficiente para me salvar. Assim, o primeiro passa para a salvação é crer em Jesus e em Seus méritos salvíficos. Se você se arrependeu de seus pecados e os confessou a Deus, creia, aceite pela fé com convicção que Jesus perdoou você. Vida nova! 

9. Por que Jesus decidiu morrer por nós? João 3:16

10. Depois de aceitar a salvação gratuita que Jesus nos oferece, vem o segundo passo. Considere os seguintes personagens bíblicos e diga por que eles poderiam ter sido chamados de “bons cristãos”:

Enoque (Gênesis 5:24)
Noé (Gênesis 6:9)
Abraão (Gênesis 17:1)
Davi (Salmo 116:9)

Todos eles poderiam ser considerados “bons cristãos” porque …………………………

O segundo passo depois de aceitar a salvação que Jesus oferece é manter-se no caminho da salvação, afinal, tão importante quanto se casar, por exemplo, é se manter casado. Tão importante quanto aceitar Jesus como Salvador é permanecer salvo, e isso só é possível se andarmos com Deus. Um dos maiores equívocos teológicos é a ideia de que uma vez salvos permanecemos salvos para sempre. A Bíblia traz muitos exemplos de pessoas que andaram com Deus, mas depois O abandonaram, perdendo, assim, a salvação. O ser humano é livre para aceitar a salvação ou para rejeitá-la. E Deus respeita essa liberdade. Portanto, a salvação pode, sim, ser perdida. “Garantimos” a salvação andando o tempo todo com o Salvador. Como? Mais uma vez: orando constantemente e estudando a Bíblia.

11. O que Pedro disse certo dia a Jesus, quando todos estavam abandonando o Mestre? João 6:67, 68

Jesus havia Se tornado tão importante para os discípulos que, sem Ele, a vida não teria mais sentido. Isso é ser cristão de verdade. Jesus passa ser o centro da vida; a pessoa mais importante; a amigo mais chegado. 

12. Que convite especial Jesus nos faz? Provérbios 23:26; Mateus 11:28, 29

Note: primeiro é preciso entregar o coração a Deus e ir a Jesus como estamos. Depois o jugo (a direção de Cristo) e a obediência à Palavra de Deus se tornam leves. Primeiro somos salvos, somos recebidos por Jesus como estamos (justificação); depois somos transformados por Ele naquilo que Ele deseja que nos tornemos (santificação). Esse processo ocorre enquanto caminhamos com Ele.  

13. Qual foi a ordem que Jesus deixou aos discípulos antes de Sua morte? João 15:4

Não basta ir a Jesus uma vez na vida. Precisamos permanecer nEle, assim como o galho só tem vida e produz fruto quando está conectado à árvore. Imagine um náufrago se debatendo no oceano em meio às ondas, quase morrendo afogado. Passa uma tábua perto dele e ele a agarra. Considerando-se salvo, ele pensa: “Não preciso mais desta tábua”, e a solta. Obviamente que ele retornará à condição de perdido. E obviamente que você entendeu a comparação.

 

MINHA DECISÃO:

A vida cristã e a obediência à Palavra de Deus só fazem sentido quando são consequência de um relacionamento de amor com Jesus. Decido melhorar minha comunhão com Cristo, orando, lendo a Bíblia e “andando com Ele”, a fim de tornar-me um verdadeiro cristão.

RESUMINDO:
  1. Enoque, Noé, Abraão, Davi e outros foram homens e mulheres extraordinários porque andavam com Deus.
  2. O bom comportamento é fruto do cristianismo. Você não é cristão porque se comporta bem. Você se comporta bem porque é cristão.
  3. Sozinhos, com um pouco de esforço, podemos mudar nosso comportamento. Se formos a Jesus, Ele mudará nosso coração.
  4. Os primeiros cristãos viviam uma vida de tal comunhão com Jesus que Ele era o tema de seus pensamentos e conversas. Por isso acabaram sendo chamados de “cristãos”.
  5. O que Deus mais quer é manter um relacionamento de amor com você, a tal ponto de você chegar a dizer como Pedro: “A quem iremos nós? Só Tu tens palavras de vida.”

COMO SE PERMANECE EM JESUS?

Orando diariamente; lendo e meditando em uma passagem bíblica todos os dias; contando aos outros do amor de Jesus e do que você está aprendendo na Bíblia; assistindo aos cultos na igreja; pensando sempre em Deus.

TEMA 3 – A guerra dos anjos

anjosAngelologia (estudo sobre os anjos) é um assunto bastante discutido atualmente. Centenas de livros e revistas têm sido publicados sobre esse tema, expondo as mais diversas opiniões e experiências. No entanto, como já vimos, a única fonte confiável de informações sobre esse e outros assuntos semelhantes é a Bíblia Sagrada. O que ela diz sobre os anjos? Quando eles foram criados? Quantos são? Houve uma guerra entre eles? Por quê? Quando foi isso? Ao buscar respostas bíblicas para essas perguntas você descobrirá também quando e por que teve início o mal no Universo e quando a morte passou a existir em nosso mundo. Mas antes de abrir a Bíblia não se esqueça de orar pedindo a orientação do Espírito Santo.

1. Qual a origem dos anjos? Salmo 148:2, 5

Assim como os seres humanos e todos os outros seres, os anjos foram criados por Deus.

2. Seriam eles espíritos de mortos? Gênesis 3:24

Já havia anjos antes da primeira morte de um ser humano (Abel). Portanto, não faz sentido dizer que anjos seriam seres humanos que morreram.

3. Quantos anjos existem? Apocalipse 5:11

Textos como o Salmo 37:4 e Hebreus 1:14 afirmam que anjos foram encarregados de cuidar dos seres humanos. Como esses seres poderosos existem em número de “milhões de milhões”, podemos crer que cada um de nós, se desejar, pode contar com a proteção de um deles. 

4. Existem quantas classes de anjos? Apocalipse 12:7, 9

Miguel, em hebraico, significa “Quem é como Deus”. Ou seja: Miguel é Jesus, quando descrito em Sua luta contra o originador do mal. Portanto, existem duas classes de anjos: do bem (aliados de Jesus) e do mal (aliados de Lúcifer). 

5. Quem foi o primeiro anjo a se tornar mau e por quê? Ezequiel 28:13-19; Isaías 14:12-14

Deus não criou Satanás (o inimigo). Criou, sim, um anjo perfeito e livre. Infelizmente – não sabemos por que –, Lúcifer ambicionou o poder e a posição de Deus, no Céu. O Criador não destruiu o rebelde imediatamente para que os outros anjos pudessem comparar os dois governos e fazer também sua escolha, sem servir a Deus por medo, caso escolhessem ficar ao lado dEle. A queda de Lúcifer deixa evidente que Deus criou um universo com seres dotados de liberdade de escolha. 

6. Além de um terço dos anjos (Apocalipse 12:3, 4), a quem mais Lúcifer envolveu em sua rebelião? Gênesis 3:1-6

Envolvendo Adão e Eva, Lúcifer transferiu o palco do grande conflito para a recém-criada Terra. Portanto, Satanás é o responsável direto por tudo o que há de ruim no mundo. E às vezes tem obtido sucesso em atribuir seus atos diabólicos a Deus. 

7. O que fazem os anjos maus? 2 Coríntios 11:14, 15; Efésios 6:11, 12; 1 Timóteo 4:1

8. O que fazem os anjos bons? Salmo 34:7; Salmo 91:11; Eclesiastes 5:6; Daniel 7:10

9. Os anjos bons aceitam adoração? Apocalipse 19:10 (Esse texto se refere ao anjo Gabriel.)

Não devemos orar aos anjos nem reverenciá-los. Quem sempre quer ser adorado é o anjo rebelde. O correto é orar a Deus e pedir-Lhe a proteção dos anjos. 

10. O que farão os anjos bons quando Jesus voltar? Mateus 24:31

Continuamente anjos bons e maus tentam nos influenciar. A que influência nos submeteremos? Lembremo-nos de que “não é contra a carne e o sangue que temos que lutar, mas sim contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes do mundo destas trevas, contra as hostes espirituais da iniquidade nas regiões celestes” (Efésios 6:12). Estamos no meio de uma batalha cósmica que logo terá fim. Até lá todo cuidado é pouco!

MINHA DECISÃO:

Sabendo que existe uma batalha pela mente de cada ser humano, decido, por meio do estudo da Bíblia e da oração diária, colocar-me ao lado de Deus, pedindo sempre a proteção de Seus santos anjos.

TEMA 2 – Quem é e como é Deus

a_trindade_e_a_salvacaoCerta vez, o próprio Jesus fez a seguinte pergunta a Seus discípulos: “Quem dizem os homens ser o Filho do homem.” Pedro, inspirado pelo Espírito Santo, disse: “Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo” (Mateus 16:13, 16). Em outra ocasião, Jesus disse: “E a vida eterna é esta: que Te conheçam a Ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, aquele que Tu enviaste” (João 17:3). Portanto, é muito importante saber quem é Deus. Mas como podemos conhecer um ser que está além da nossa compreensão; um ser eterno e infinito? Se Ele não tivesse Se revelado especialmente na Bíblia Sagrada e por meio de Jesus, essa realmente seria uma tarefa impossível.

1. Como vimos no tema anterior, a Bíblia é o livro por meio do qual Deus Se revela aos seres humanos. Segundo as Escrituras, quantos deuses existem? Efésios 4:5, 6; Isaías 45:22

2. Embora Deus seja um, essa Divindade é formada por quantas pessoas? Mateus 28:19

A fórmula batismal iguala as três pessoas da Trindade. Seria no mínimo estranho batizar em nome do Pai, do Filho e da… energia. 

3. É possível compreender tudo sobre Deus? Deuteronômio 29:29

A Trindade é um mistério revelado, porém, não explicado. Na Bíblia, temos informação suficiente para saber como é Deus, embora seja impossível saber tudo sobre Ele. O finito não tem como compreender o infinito.  

4. Quem é Jesus e desde quando Ele existia? Romanos 9:5; Miqueias 5:2; João 1:1-3

Existem vários textos bíblicos que deixam claro que Jesus, antes de nascer da virgem Maria, existiu desde sempre, pois, como uma pessoa da Trindade, Ele é tão eterno quanto o Pai e o Espírito Santo. João identifica Jesus como o Verbo, na introdução de seu Evangelho, e Miqueias profetiza o local em que o Messias nasceria: Belém. O apóstolo Paulo explica que Jesus é geneticamente judeu, pois nasceu de uma judia, mas que acima de tudo sempre foi e sempre será Deus.

5. Falando em Espírito Santo, Ele é mesmo uma Pessoa?

Sim, o Espírito Santo é uma pessoa divina, pois tem intelecto ou poder de pensar (1 Coríntios 2:10, 11); tem sensibilidade ou poder de sentir (Efésios 4:30; Romanos 15:30); e tem vontade própria (1 Coríntios 12:11), entre outras características pessoais. 

6. Quem criou o mundo? Gênesis 1:26 e 3:22

A utilização do plural “façamos” sugere a existência da Trindade divina. Aqui o texto não está falando de anjos, pois eles não são criadores. Só Deus – Pai, Filho e Espírito Santo – tem poder de criar (João 1:3; Colossenses 1:15, 16; Hebreus 1:2; Gênesis 1:2). (Leia mais sobre a Trindade aqui.)

7. Qual é a base do governo de Deus? Salmo 89:14

8. Pode o ser humano pecador e mortal ver Deus? Por meio de quem Ele Se revelou? João 1:18

Jesus Se fez humano, Se fez Filho para morrer em nosso lugar e pagar a dívida do pecado (assunto que vamos estudar mais adiante). Mas também veio na forma humana para revelar o caráter da Divindade em ação; mostrar que Deus nos ama e quer Se relacionar conosco.

9. Deus Se preocupa realmente conosco? Salmo 40:1; Tiago 4:8

É maravilhoso pensar que o Criador do Universo Se preocupa com seres tão pequenos quanto nós!

10. O que Deus deseja que façamos em relação a Ele? Hebreus 4:16; Jeremias 29:13

A parábola do filho pródigo (Lucas 15:11-32), contada por Jesus, deixa claro o desejo que Deus tem de nos ter perto dEle, não importa o que tenhamos feito no passado. Deus nos recebe como estamos para nos transformar naquilo que Ele deseja.

MINHA DECISÃO:

O Pai, o Filho e o Espírito Santo me amam, por isso desejo conhecer e amar cada vez mais a Deus. Quero confiar nEle e entregar-Lhe meus caminhos e minha vida. Decido prosseguir em meus estudos bíblicos a fim de conhecer cada vez mais meu Criador.          

TEMA 1 – Um milagre em forma de livro

scrolls2A Bíblia Sagrada é uma coleção de livros impressionante. Mais de 40 autores diferentes a escreveram em um período de cerca de 1.600 anos. Só esse fato já chama a atenção – podemos lê-la do começo ao fim e não encontraremos nenhuma contradição, embora muitos de seus autores jamais tenham se conhecido. Ela é composta por 66 livros (39 no Antigo Testamento e 27 no Novo Testamento), e é o Livro mais traduzido e lido no mundo. Inúmeros achados arqueológicos têm confirmado a existência de personagens e lugares mencionado na Bíblia, o que faz dela um documento historicamente confiável. Além disso, suas profecias cumpridas à risca (como veremos mais adiante) também servem de autenticação quanto à sua origem divina (um bom exemplo disso é o surpreendente capítulo 2 do livro de Daniel).

1. Embora não seja um livro de ciência (conforme a compreensão comum da palavra “ciência”), a Bíblia traz alguma antecipação científica? (Confira os textos em sua Bíblia.)

  • Peso do ar – Jó 28:25
  • Princípio da quarentena – Levítico 13:46
  • Terra no vácuo – Jó 26:7 (escrito há mais de 3.500 anos)
  • Conheça outras antecipações científicas aqui.

2. Quem é o personagem central da Bíblia? João 5:39

Como Jesus é a figura central da Bíblia e ela testifica dEle, devemos ter sempre em mente que todas as histórias e doutrinas bíblicas têm como objetivo revelar Jesus e conduzir a Ele, que é o “caminho, a verdade e a vida”.  

3. O que diz Jesus ser a Palavra de Deus? João 17:17

Jesus é a verdade e a Bíblia testifica dEle. Logo, a Bíblia também é a verdade. Essa declaração de Cristo contraria o conceito relativista de que não existem verdades absolutas. Um conceito que é em si mesmo contraditório, afinal, para negar a existência de verdades ele afirma uma verdade – a de que não existem verdades. Na Bíblia não lugar para relativismo. 

4. Quanto da Bíblia é inspirado por Deus e para que ela serve? 2 Timóteo 3:16

Toda a Bíblia (Antigo e Novo Testamentos) foi inspirada por Deus. A palavra “inspirar” vem do grego theopneustos, que significa “soprar”. Deus “soprou” as ideias na mente dos autores inspirados e eles utilizaram suas palavras e elementos de sua cultura para registrar esses conteúdos. Assim, a Bíblia é a Palavra de Deus com “sotaque” humano. Por meio dela o Criador Se fez compreender.  

5. Quem inspirou os escritores da Bíblia? 2 Pedro 1:21

Apesar de ter sido escrita por dezenas de pessoas com seus estilos peculiares, o verdadeiro autor foi o Espírito Santo. 

6. Ao que é comparada a Bíblia? Salmo 119:105

Em um mundo tão escuro, com tantos atalhos perigosos e ideologias vazias, como é bom saber que temos uma lâmpada segura e confiável a nos apontar o caminho certo. Por isso temos que ler a Bíblia e nos familiarizar com sua mensagem.

7. O que acontece quando estudamos a Bíblia? 2 Timóteo 3:15

8. Como estudar a Palavra de Deus? Lucas 24:27

No caminho para a aldeia de Emaús, Jesus deu um verdadeiro estudo bíblico para os dois discípulos. Em Lucas 24:27 é dito que Jesus usou vários livros da Bíblia para explicar o assunto: Sua morte e ressurreição. Além disso, sempre é bom verificar o contexto de uma passagem, lendo o que vem antes e depois dela. Conhecendo o “todo da obra” corremos menos riscos de interpretar erroneamente um verso fora de contexto.

9. Basta ler a Bíblia e estudá-la? Apocalipse 1:3; Tiago 1:22; Mateus 7:21

10. O que precisamos fazer para ter a certeza de que entenderemos a mensagem bíblica e não seremos enganados? João 7:17

Deus leva em conta a sinceridade daqueles que O buscam. Se a pessoa quiser fazer a vontade dEle, a garantia é de que saberá se o que está aprendendo é a verdade ou não. 

11. Para que, principalmente, foi escrita a Bíblia? Romanos 15:4

MINHA DECISÃO:

Em Atos 17:11, Paulo diz o seguinte sobre os moradores de Bereia: “Ora, estes eram mais nobres do que os de Tessalônica, porque receberam a Palavra com toda a avidez, examinando diariamente as Escrituras para ver se estas coisas eram assim.” Por isso, reconhecendo que a Bíblia é a Palavra de Deus, aceito-a como regra de fé e prática, e resolvo estudá-la diariamente a fim de, com a ajuda de Deus, praticar seus ensinos. 

Nota: Por meio da Bíblia, Deus fala conosco. A oração é o meio que temos de falar com Deus. Tome algum tempo para ler estes textos em sua Bíblia: Mateus 6:9-13; 7:7, 8-11; João 15:7; João 14:13; 1 Tessalonicenses 5:17. Faça da oração e do estudo da Bíblia uma boa rotina diária.